I SIMPÓSIO POTIGUAR DE PERÍCIA CONTÁBIL – Dias 04,05 e 06 de Outubro no SESCON-RN

R$ 200.00

Associação dos Peritos Contadores do RN – APCERN

I SIMPÓSIO POTIGUAR DE PERÍCIA CONTÁBIL

Categoria

Descrição

 

Associação dos Peritos Contadores do RN – APCERN

I SIMPÓSIO POTIGUAR DE PERÍCIA CONTÁBIL

 

Área Temática:

 

Perícia Contábil: Conceitos teóricos e aplicações práticas atualizados de acordo com as alterações introduzidas pelo novo regramento civil e trabalhista.

 

 

Sumário

Apresentação………………………………………………………………… 3

Justificativa………………………………………………………………….. 3

Objetivo………………………………………………………………………. 3

Título…………………………………………………………………………. 3

Área Temática……………………………………………………………….. 3

Local, Período e Horário…………………………………………………….. 3

Público Alvo e Abrangência………………………………………………….. 3

Frequência……………………………………………………………………. 3

Avaliação…………………………………………………………………….. 3

Metodologia e Material………………………………………………………. 4

Carga Horária e Certificação………………………………………………… 4

Expositores – Curriculum………………………………………………………..4

Conteúdo Programático……………………………………………………… 5

Referências……………………………………………………………………..6

Realização, Parceria e Apoio……………………………………………………7

 

 

 

Apresentação

Em sintonia com as transformações da sociedade e como consequência disso a adequação do nosso ordenamento jurídico, surge a necessidade de atualização de conhecimentos voltados à Perícia Contábil que é utilizadacomo ferramenta desubsídio de decisão do magistrado no âmbito judicial ou, até mesmo, no âmbito extrajudicial, quando nos referimos aosdemais agentes tomadores de decisão. Pensando nisso, apresentamos um cursovoltado para suprir as carências e atualizações deste segmento, pautado em Resoluções do Conselho Federal de Contabilidade e legislações específicas que regem a instrumentalização processual, no tocante às etapas do processo pericial e sua inserção neste contexto.

Justificativa

Com as inovações introduzidas pela Lei nº 13.105/2015, com vigência em Março de 2016, surge a necessidade de atualização de conhecimentos por parte do expert. Isto ocorre porque o Art. 156 do citado dispositivo legal, em seu § 3º estabelece que os Cadastros de Peritos mantidos pelos tribunais serão receberão manutenções com avaliações e reavaliações periódicas considerando, dentre outros aspectos, a atualização do conhecimento como requisito para o exercício pericial.

Nesse mesmo sentido, o Conselho Federal de Contabilidade – CFC, inseriu os Contadores Peritos no programa de Educação Profissional Continuada, exigindo para o exercício profissional a atualização de conhecimentos.

Objetivo

Atualizar os profissionais da área de contabilidade que atuam ou que pretendem atuar como Peritos, Estudantes e demais interessados sobre as inovações introduzidas em nosso ordenamento jurídico quanto ao exercício Pericial para resolução de conflitos.

Título

Perícia Contábil: Conceitos teóricos e aplicações práticas atualizados de acordo com as alterações introduzidas pelo novo regramento civil e trabalhista.

Área Temática

Contabilidade e Perícia Contábil no âmbito judicial e/ou extrajudicial.

Local, Período e Horário

O curso será realizado na modalidade presencial, no Auditório do SESCON/RN, localizado na Av. Romualdo Galvão, 986, Tirol, Natal/RN, entre os dias 04, 05 e 06 de Outubro de 2017, das 13h às 22h com intervalo de 17h às 18h para coffeebreak.

Público Alvo e Abrangência

Nosso público de interesse para o Curso será composto por contadores, estudantes e demais profissionais da área de finanças num público total estimado de50 (cinquenta) pessoas.

Frequência

Para obtenção do certificado e para comprovação que o profissional participou das atividades de expansão dos conhecimentos é necessária frequência mínima de 80% (oitenta por cento).

Avaliação

Os participantes serão avaliados por meio de discussão, debates, exercícios práticos das atividades teóricas estudadas, individuais e em equipe.

Metodologia e Material

Ocurso será ministrado por meio de apresentações em slides, elaboração de exercícios práticos, estudos de caso e exemplos reais. Será utilizado como ferramenta, recurso multimídia, sala de treinamento e computadores.

Carga Horária e Certificação

O curso terá carga horária de 32 horas efetivamente ministradas, conforme cronograma de atividades, já descontados os intervalos das 17 às 18hs, durante todos os dias.

A seguir apresentamos o cronograma dos treinamentos com o tema a ser abordado, ministrante horário, objetivos e conteúdo programático.

 

Expositores – Curriculum

 

Robson Barros de Araújo:Bacharel em CiênciasContábeis, formado pela Universidade Federal do Estado do Rio Grande doNorte, em 05 de Agosto de 1995, exercendo a profissão de contador desde de 12de Setembro de 1995 e com especialização em perícia contábil e judicial, pelaUniversidade Potiguar, no período de janeiro 2001 a dezembro de 2001, inscritono CRC/RN sob o nº RN-004967/O-3 e inscrito no Núcleo do Tribunal de Justiçado Estado do Rio Grande do Norte desde outubro de 2013,

 

Everton Gomes dos Santos: Contador, registrado no CRC/RN sob nº 010.624/O-5, exerce a função de Perito Contador no âmbito judicial e/ou extrajudicial, com Cadastro Nacional de Perito Contador CFC nº 2084 e credenciamento no núcleo de perícias do TJ/RN, possui graduação de Bacharel em Ciências Contábeis (2011) e Especialização em Auditoria e Controles pela UFRN (2013). Atualmente é secretário da Associação de Peritos Contadores do Estado do RN – APCERN e Titular da Cadeira de nº 35 da Academia Norte-rio-grandense de Ciências Contábeis – ACADERNCIC, discente do curso de Bacharel em Direito pela Faculdade Estácio de Sá e Fundador e responsável técnico da empresa EG ASSESSORIA E CONSULTORIA EMPRESARIAL e INSTITUTO TÉCNICO E CINENTÍFICO DE PERÍCIA CONTÁBIL, prestando serviços de assessoria e consultoria empresarial em contabilidade, auditoria e perícia.

 

José Jeová Soares: Formado em técnico de contabilidade pela Escola Técnica de Natal em 1975, Bacharel em Ciências Contábeis pela UFRN  em 1978, Bacharel em Administração pela UNP em 2000, Bacharel em Filosofia pela UFRN em 2006, Filosofia licenciatura pela UFRN em 2008, Especialização Perícia pela UNP, Especialização em Auditoria pela UFRN, Presidente da Associação de Peritos Contadores do Estado do RN – APCERN e Titular da cadeira nº 33 da Academia Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis – ACADERNCIC. Perito Contador com experiência em diversos processos das esferas trabalhista, cível e tributária e sócio do INSTITUTO TÉCNICO E CINENTÍFICO DE PERÍCIA CONTÁBIL.

 

Dr. Erivan Ferreira Borges: Doutor em Ciências Contábeis (2012). Mestre em Administração (2005), Especialização em Contabilidade Gerencial (2001) e Graduação em Ciências Contábeis (1999). Professor efetivo do Depto de Ciências Contábeis da UFRN. Atualmente é Coordenador Regional do Programa Multi-institucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis UnB/UFPB/UFRN. Tem experiência na área de Auditoria e Perícia Contábil, atuando como consultor, auditor e perito, nas esferas pública, privada e no 3º. Setor, e, por fim, sócio quotista do INSTITUTO TÉCNICO E CINENTÍFICO DE PERÍCIA CONTÁBIL.

 

 

 

 

 

 

Conteúdo Programático

Data: 04 de Outubro de 2017.

 

13h –17h:Módulo I –Abertura e Introdução: Perícia e Prova Pericial Contábil. Aspectos Conceituais e Normativos =>Conceitos e aplicações.Normas aplicáveis. Aspectos históricos e legais. Perfil e o exercício profissional do perito. Perícia Judicial, Extrajudicial e Arbitral, Diferenças entre perícia e auditoria contábil. Quesitos.

 

17h –18h:Intervalo.

 

18h –22h:Módulo II –Aspectos Normativos = >Introdução à iniciação da prática Pericial.Cadastros. Forma de Atuação. Exame de Qualificação Técnica. Aspectos legais. Código Civil. Código de Processo Civil. Código Penal. Resoluções do CNJ. Normas Brasileiras de Contabilidade aplicáveis a perícia contábil e Resoluções do CFC;

 

Data: 05 de Outubro de 2017.

 

13h –17h:Módulo III –Atos de Preparatórios => A perícia e sua aplicação no campo judicial e extrajudicial.Proposta. Planejamento: objetivos, desenvolvimento,riscos, pessoal, cronograma, conclusão e modelos; Execução: aceitação, Laudo, Parecer, prazos, diligências, requisitos formais, respostas aos quesitos.

 

17h –18h:Intervalo.

 

18h –22h:Módulo IV – Atos de Execução => A perícia e sua aplicação no campo judicial e extrajudicial. Termos técnicos jurídicos. Método técnico-científico.Prova técnica pericial. Necessidade da prova. Prova técnica simplificada. Nomeação, escolha e recusa. Suspeição, impedimento. Ônus da prova. Requisitos do laudo. Segunda Perícia.

 

Data: 06 de Outubro de 2017.

 

13h –17h:Módulo V – Atos de Execução => A perícia e sua aplicação no campo judicial e extrajudicial. Sentenças Judiciais e seus tipos. Interpretação de sentenças. Ritos processuais. Conhecendo as peças processuais.

 

17h –18h:Intervalo.

 

18h – 20h:Módulo VI – Avaliação Prática => Casos práticos de perícia contábil. Aplicação e Resolução de casos práticos com todos os alunos possibilitando o desenvolvimento dos conhecimentos obtidos nos módulos anteriores.

20h – 22h:Módulo VII –PJ-e= >Processos Judiciais Eletrônicos para utilização nasVarasCível. Legislação aplicável ao PJ-e. Acessando o PJ-e. Habilitando-se nos autos eletrônicos. Navegando nos autos eletrônicos. PJ-ePush e outros aspectos relevantes quanto a utilização e manuseio do sistema.

 

 

Referências

 

ALBERTO, Valder Luiz Palombo. Perícia contábil.  São Paulo: Atlas, 2000.

BONDER. O Segredo judaico de resolução de problemas. 10ª. ed. Rio de Janeio: Imago Ed., 1995.

BRASIL. Código de processo civil. 9. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2004.

CABRAL, Alberto Franqueira.  Manual da prova pericial.  Rio de Janeiro: Impetus, 2003.

CAMARGO, Ynel Alves de. Normas éticas na perícia contábil: princípios fundamentais. Respeito ao código de ética profissional do contabilista. Revista Brasileira de Contabilidade. Brasília, n. 29, janeiro/fevereiro, 2000, p.51-52.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, NBC TP 01de 27 de Fevereiro de 2015, denominando-a Perícia Contábil.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. NBC PP-01, de 27 de Fevereiro de 2015,denominando-a Do Perito Contábil.

FIGUEIREDO, Sandoval Nunes. A perícia contábil e a competência profissional. Revista Brasileira de Contabilidade. Brasília, v.3, n. 142, p. 41-46, jul./ago. 2003.

HOOG, Wilson Alberto Zappa e PETRENCO, Solange Aparecida. Prova pericial contábil. São Paulo: Editora Juruá, 2003.

HOOG, Wilson Alberto Zappa. Prova pericial contábil: teoria e prática. São Paulo: Juruá, 2012.

HOOG, Wilson Alberto Zappa. Perdas, danos e lucros cessantesemperíciasjudiciais. São Paulo: Juruá, 2012.

HOOG, Wilson Alberto Zappa. Resolução de sociedadeeavaliação do patrimônionaapuração de haveres. São Paulo: Juruá, 2012.

ORNELAS, Martinho Maurício Gomes de. Perícia contábil. São Paulo: Atlas, 2003.

JESUS, Fernando. Perícia e investigação de fraude. Goiânia: Terra, 2000.

MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias et al. Perícia contábil: uma abordagem teórica, ética, legal, processual e operacional. São Paulo: Atlas, 2001.

MORAES, Antônio Carlos et al. Perícia judicial e extrajudicial. Brasília: Qualidade Ltda, 2004.

MOURA, Ril. Perícia contábil judicial e extrajudicial: teoria e prática. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 2002.

ORNELAS, Martinho Maurício Gomes de. Avaliação de sociedades: apuração de haveres em processos judiciais. São Paulo: Atlas, 2003.

PARODI, Lorenzo. Manual das fraudes. 2. ed. Rio de Janeiro: Brasport, 2008.

SÁ, Antônio Lopes de.  Perícia contábil. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

 

 

Realização e parcerias

 

 

Realização:

 

 

Parceiros:

 

 

 

 

Apoio:

 

 

www.institutopericias.com.br

 

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “I SIMPÓSIO POTIGUAR DE PERÍCIA CONTÁBIL – Dias 04,05 e 06 de Outubro no SESCON-RN”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *